COMPARTILHE

Os benefícios da solução SmartHealth no Hospital do Coração Natal

Por Pixeon em 9 de outubro de 2015

Hospital do Coração NatalCom mais de 150 médicos especializados, 106 leitos e seis salas de cirurgia, o Hospital do Coração Natal, no Rio Grande do Norte, integra os setores do hospital com o SmartHealth, solução desenvolvida pela MedicWare, uma empresa do grupo Pixeon. O administrador do Hospital do Coração Natal, Reinaldo Marques, conta que tratam cada setor, seja faturamento, financeiro, compras, entre outras, como uma unidade de negócio internamente, utilizando o módulo Smart correspondente. Com base nas informações e controle do sistema, cada unidade de negócio possui suas metas e é cobrada por elas.  

 

Com a solução integrada entre as diversas unidades, os dados contábeis do hospital se tornam visíveis e podem ser acompanhados dia a dia. “Antes da integração com o setor contábil, era preciso migrar os dados de um software para outro. Hoje a contabilidade é on-line, permite que eu acompanhe a saúde financeira do meu negócio no dia a dia, possibilita tomar decisões, definir metas de produtividade e de lucratividade. Eu consigo ver o meu Ebitda evoluindo rapidamente”, explica o administrador.

 

Antes dessa solução integrada, era preciso primeiro buscar as informações para tomar uma decisão, de uma forma um pouco arcaica. Perdia-se a agilidade nesse processo. “Para tomar decisões importantes é preciso ter em mãos os números contábeis do hospital. Antes levávamos de 2 a 4 semanas para ter esses números em mãos para tomar uma decisão estratégica para o hospital. Hoje temos esses dados on-line e podemos tomar qualquer decisão no mesmo dia, se for necessário”, ressalta Marques. Além disso, antes da implantação da solução SmartHealth, os números não eram totalmente confiáveis, pois com a utilização de diversas planilhas, nem sempre eles fechavam. “Hoje é proibido usar qualquer planilha extra, fora do sistema, e o uso é passível de advertência”, reforça o administrador.

 

A solução SmartHealth também permitiu criar um relatório bem claro do custo de cada procedimento. “Atualmente, as operadoras de convênio nos informam o valor de cada procedimento que realizamos. E precisamos mudar as regras desse jogo. Com um relatório de custos real, buscamos tentar negociar com as operadoras o valor (preço e custo) de cada procedimento. Precisamos mudar essa cultura, sabemos que é um trabalho de longo prazo com as operadoras”, explica o administrador.  “Nos últimos dois anos, nas negociações de renovação de contrato com as operadoras conseguimos aumentar 15 a 20% nas tabelas de procedimentos, e conseguimos isso exatamente apresentando o nosso estudo. Ainda não é o valor ideal, mas já é uma evolução muito grande”, afirma Marques.

 

Outro fator relevante que teve impacto significativo com a solução SmartHealth é a área de suprimentos. Segundo Marques esse setor é a menina dos olhos do Hospital do Coração. O resultado da implantação do módulo Smart tornou o setor de estoque muito bem controlado.  Na farmácia, por exemplo, é possível controlar cada produto por código de barras, com informações de lote e validade. Outras três áreas que foram impactadas de forma significativa são o faturamento, pronto-socorro e centro cirúrgico.

 

No faturamento, o gestor está mudando o processo de transcrição, com o objetivo de reduzir até 3% o número de funcionários. Atualmente a digitação de medicamentos e informações do prontuário eletrônico que já eram feitas pelos médicos e enfermeiras são novamente digitadas para o sistema pela digitadora. A ideia é reduzir tempo e custo, agilizando o processo com o Smart para que eles possam lançar direto no sistema. Todo hospital será beneficiado por isso, como pronto socorro, UTI, postos de enfermagem e centro cirúrgico.

 

Os módulos do SmartHealth foram implantados na instituição de forma gradativa, e evoluindo na ferramenta, desde 2003. “Temos muito para caminhar ainda. Estamos sempre buscando melhorar. Sempre surgem ideias novas para adaptar, maneiras diferentes de extrair um número, facilitando o dia a dia do usuário. Por ser um hospital dinâmico sempre aparecem situações novas que precisam ser trabalhadas”, conta. Os convênios, por exemplo, mudam as regras constantemente, e o gestor precisa estar atento às mudanças para alterar no seu sistema. “O Smart é super flexível, tem ótimo controle e, junto ao suporte, permite que os processos sejam alterados rapidamente para se adequar às novas regras e garantir os recebimentos dos convênios”, reforça o administrador.

COMPARTILHE

Veja também

Acompanhe as novidades sobre nossos produtos e novas parcerias

Pixeon participa do Healthcare Innovation Show

A Pixeon, uma das maiores empresas de tecnologia para saúde no Brasil, participará do Healthcare Innovation Show (HIS), promovido pelo Live Healthcare Media. O evento, que reúne líderes do mercado de saúde, acontece entre os dias 25 e 26 de outubro, em São Paulo. O HIS é o primeiro trade show de tecnologia e inovação focado no mercado de saúde na América Latina.

Pixeon, top 15 entre as 100 PMEs que mais crescem no Brasil.

A Pixeon, uma das empresas líderes do setor de tecnologia para saúde, é a 15ª colocada na lista de pequenas e médias empresas que mais crescem no Brasil. O resultado faz parte de estudo conduzido pela consultoria empresarial Deloitte, com o ranking das 100 PMEs que mais apresentaram crescimento entre os anos de 2014 e 2016. A cerimônia de premiação ocorreu no último dia 21, em São Paulo, e contou com a presença do CEO da empresa, Roberto Ribeiro da Cruz.

Plataforma cloud proporciona muito mais economia e flexibilidade

A Pixeon, uma das maiores empresas brasileiras de tecnologia para a saúde, aposta no Pleres.net, solução de gestão laboratorial em cloud (plataforma em nuvem), que será apresentada na 51º edição do Congresso Brasileiro de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (CBPC/ML), que acontece entre os dias 26 e 29 de setembro, no Palácio das Convenções do Anhembi Parque, em São Paulo.

Acompanhe a Pixeon. Leia mais notícias ›