Por Alice Schmitt e Vânia Abreu em 3 de janeiro de 2017

Como a gestão de custos hospitalares impacta na tomada de decisões

O gestor de uma instituição de saúde precisa ter em suas mãos a gestão de custos hospitalares de forma efetiva. A gestão de custos vai apontar os principais gargalos da instituição. Mais do que isso, a gestão de custos eficiente traz o questionamento: podemos fazer mais e melhor com os recursos que temos? É importante entender que a informação de custos pode ser aplicada como ferramenta de suporte à tomada de decisão gerencial e estratégica e não meramente como forma de controle e de cortes.

gestão de custos hospitalares, gestão hospitalar, HIS

Por Alice Schmitt em 21 de dezembro de 2016

Por quanto tempo preciso guardar os exames de pacientes?

De acordo o Conselho Federal de Medicina (CFM), os exames, que incluem imagens e laudos, fazem parte do prontuário médico do paciente. Esse prontuário médico deve ser mantido na instituição por, no mínimo, 20 anos, conforme diz a Resolução CFM nº 1.821/2007, no caso de documentos impressos em papel. Para os prontuários digitalizados ou microfilmados, esse armazenamento deve ser permanente.

Por Marília Paraíso, Julie Almeida e Daniela Bichara em 16 de dezembro de 2016

Hospital Digital: Uma tendência ou realidade?

Com uma população cada vez mais crescente, o número de pacientes em grandes instituições de saúde só vem aumentando. Quem conhece, pelo menos um pouco da rotina de um hospital, sabe que algumas situações são bem comuns. Uma delas é o grande fluxo de pacientes aguardando atendimento médico. São pessoas com os mais diferentes graus de necessidades, sendo elas emergenciais ou não.

gestão hospitalar, HIS, Hospital Digital

Por Alice Schmitt e Daniela Bichara em 9 de dezembro de 2016

Gestão de Clínicas: Por que acompanhar indicadores de agendamento e cancelamento de consultas?

O agendamento de consultas na gestão de clínicas especializadas e policlínicas deve ser uma das principais preocupações do gestor administrativo. O agendamento é um dos indicadores para a previsão de receita de uma instituição de saúde. Agendas ocupadas é um dos aspectos de uma organização financeiramente saudável. Para tanto, é preciso gerenciá-la com maestria.

CLIN, gestão de clínica, SmartClin

Por Julie Almeida, Grace Leite e Marília Paraíso em 30 de novembro de 2016

Padrão TISS e suas vantagens

A TISS – Troca de Informações na Saúde Suplementar foi estabelecida como um padrão eletrônico nacional e obrigatório para a troca de dados entre operadoras de planos de saúde e prestadores de serviços médico-hospitalares da ANS – Agência Nacional de Saúde Suplementar, tendo como principais objetivos: unificar as ações administrativas, subsidiar as ações de avaliação e acompanhamento econômico, financeiro e assistencial das operadoras de planos privados de assistência à saúde e compor o Registro Eletrônico de Saúde.

TISS

Leia no seu e-mail

Acompanhe as novidades sobre nossos produtos e novas parcerias

Acompanhe também

Acompanhe as novidades sobre nossos produtos e novas parcerias