Por Alice Schmitt e Daniela Bichara em 9 de dezembro de 2016

Gestão de Clínicas: Por que acompanhar indicadores de agendamento e cancelamento de consultas?

O agendamento de consultas na gestão de clínicas especializadas e policlínicas deve ser uma das principais preocupações do gestor administrativo. O agendamento é um dos indicadores para a previsão de receita de uma instituição de saúde. Agendas ocupadas é um dos aspectos de uma organização financeiramente saudável. Para tanto, é preciso gerenciá-la com maestria.

CLIN, gestão de clínica, SmartClin

Por Julie Almeida, Grace Leite e Marília Paraíso em 30 de novembro de 2016

Padrão TISS e suas vantagens

A TISS – Troca de Informações na Saúde Suplementar foi estabelecida como um padrão eletrônico nacional e obrigatório para a troca de dados entre operadoras de planos de saúde e prestadores de serviços médico-hospitalares da ANS – Agência Nacional de Saúde Suplementar, tendo como principais objetivos: unificar as ações administrativas, subsidiar as ações de avaliação e acompanhamento econômico, financeiro e assistencial das operadoras de planos privados de assistência à saúde e compor o Registro Eletrônico de Saúde.

TISS

Por José Antônio Gasque Júnior em 24 de novembro de 2016

Vídeo: A Mobilidade em Centros de Diagnóstico Por Imagem

Cada vez mais médicos utilizam os dispositivos móveis, seja celular ou tablet, na sua rotina de trabalho. Recentemente uma matéria na mídia contou a história de médicos que trocavam informações sobre casos clínicos via whatsapp. Independente de ser aplicativos comuns ou específicos para saúde, os médicos já adotaram o uso na sua rotina.

beira leito, ClickVita, HIS, mobilidade na saúde, PACS, PACS na nuvem

Por Julie Almeida e Luciana Silva em 18 de novembro de 2016

Como gerenciar um centro cirúrgico

Como gerenciar um centro cirúrgico Para o bom funcionamento de um Hospital, com uma rotina dinâmica e complexa, é fundamental que a unidade tenha total controle de todos os processos: estratégico, gerencial e operacional. Com o HIS é possível gerenciar todas as áreas, de forma precisa e segura, proporcionando o pleno funcionamento entre os setores, como: atendimento, admissão de pacientes, pré-internação com controle de autorização de OPME, urgências e emergências, centro cirúrgico e obstétrico, estoque, manutenção faturamento (convênio e SUS), contabilidade, orçamentos e custos, BI, entre outras áreas.

centro cirúrgico, gestão hospitalar, HIS

Por Por André Silveira e Werber Leite em 7 de novembro de 2016

Gestão financeira com indicadores de HIS em tempos de crise

Não é mais uma novidade que a crise econômica do país está afetando todas as áreas. O setor da saúde, que é um dos mais representativos do Brasil, é um dos que vem sofrendo grandes dificuldades com a retração dos investimentos e até com o alto índice de desemprego. O SUS – Sistema Único de Saúde – e até mesmo os convênios médicos particulares estão sendo diretamente afetados e enfrentam sérios problemas. Somente em 2015, segundo o Observatório 2016 da ANAHP (Associação Nacional de Hospitais Privados), por exemplo, 766 mil pessoas perderam seus planos de saúde e estão dependendo do sistema gratuito. A conta não fecha nem de um lado e nem do outro.

gestão hospitalar, HIS, software para gestão hospitalar

Leia no seu e-mail

Acompanhe as novidades sobre nossos produtos e novas parcerias

Acompanhe também

Acompanhe as novidades sobre nossos produtos e novas parcerias