COMPARTILHE

Por que apostar em tecnologia para saúde no mercado hospitalar?

Por Pixeon em 24 de fevereiro de 2017

 

A utilização de tecnologia para saúde como softwares de gestão garante a possibilidade de melhorar a administração. Dessa forma, a administração torna-se mais eficiente. Na área hospitalar a solução para gestão estratégica e operacional é o HIS (Hospital Information System). O sistema permite controlar as diversas áreas da instituição. A tecnologia também possibilita a gestão mais estratégica do negócio. Além disso, o HIS ainda promove maior integração e controle por meio de informações gerenciais.

Tecnologia para saúde

COMPARTILHE

Veja também

Acompanhe as novidades sobre nossos produtos e novas parcerias

Uma gestão eficiente da farmácia hospitalar pode dar retorno garantido para sua instituição

A gestão da farmácia hospitalar é algo de suma importância e deve ser tratada também como uma prioridade na saúde. Além de ser um setor, dentro do hospital, que precisa garantir a qualidade da assistência prestada ao paciente, por meio do uso seguro de medicamentos, é uma área que demanda elevados valores orçamentários.

Os desafios da gestão laboratorial na rotina estratégica e operacional de um laboratório moderno e dinâmico.

Gerenciar um laboratório não é uma tarefa fácil. Além de ficar atento a diversas áreas diferentes dentro da instituição, um gestor precisa estar preparado para os mais diversos tipos de problemas que podem aparecer no dia a dia – provocados tanto por um paciente quanto por algum erro de um funcionário. Afinal, caberá a ele decidir como agir e resolver uma eventual emergência operacional no local.

A realidade do câncer no Brasil

O câncer é um problema de saúde pública mundial. De acordo com a OMS, os óbitos pela doença já atingem 8 milhões de pessoas por ano, um aumento de 40% nas últimas duas décadas. É a doença que mais cresce e pode chegar a 22 milhões de diagnósticos em 2030. Mesmo assim, a população ainda não tem hábitos considerados saudáveis para a redução dos riscos de ter a doença.

Acompanhe a Pixeon. Leia mais artigos ›