COMPARTILHE

Como as filas de trabalho podem otimizar a produtividade da unidade

Por Pixeon em 30 de junho de 2015

workstationEm clínicas e hospitais, criar processos é a melhor forma de organizar a infinidade de atividades que acontecem ao mesmo tempo em diferente áreas. Desta forma, acompanhar o fluxo de cada paciente atendido em sua unidade é crucial para ter controle dos atendimentos e, ainda, entender quais são os gargalos da sua instituição.

 

Alguns sistemas de gestão para áreas da saúde partem de filas para organizar processos. Por exemplo, ao dar entrada em uma clínica, que usa um sistema de gestão, para fazer um exame radiológico, o paciente faz seu registro na recepção e o sistema se comunica automaticamente com o aparelho que vai realizar o procedimento. Esse processo simples é um exemplo das etapas que um sistema de gestão pode otimizar ou mesmo eliminar, o que tende a otimizar a produtividade da unidade.

 

Neste processo, a visão estratégica do gestor da unidade é extremamente importante para definir os papéis e atribuir responsabilidades dentro do sistema. Em um caso hipotético de uma unidade que tenha um setor ortopédico, um outro de clínica geral e outro de otorrinolaringologia. Para otimizar a produtividade da unidade usando o sistema de gestão, é preciso organizar filas para cada uma dessas especialidades, indicando as tarefas. Como cada área de atuação tem uma especificidade, muitas vezes é necessário criar listas dentro das listas e, apenas com uma visão do todo — como por exemplo se o hospital faz raio-x, se faz imobilizações com gesso, ou se faz procedimentos cirúrgicos, etc — é possível definir uma lista específica, com atribuições de responsabilidades, dentro da lista macro de Ortopedia.

 

A fila de trabalho funciona como uma inbox. Desta forma, todas as filas e atribuições aparecem apenas para os profissionais e médicos envolvidos em cada especialidade, definida previamente pelo gestor. Desta forma, o gestor da unidade consegue ter uma visão, por exemplo, sobre a produtividade de um setor, ou de cada profissional individualmente, levando em consideração quantas tarefas cada um consegue realizar no mesmo período de tempo. O sistema permite, inclusive, a geração de relatórios de rendimento das áreas, capaz de identificar gargalos, auxiliar na tomada de decisões e otimizar a produtividade da unidade. Para o médico, o sistema permite traçar metas individuais e gera um report de produtividade, com base nesses dados, o que o auxilia na gestão do seu tempo e otimiza seu trabalho.

 

Entenda muito mais sobre a possibilidade de otimizar a produtividade da unidade utilizando um sistema de gestão para organizar filas de trabalho em seu estabelecimento. Entre em contato com nossa equipe e tire suas dúvidas.

Conheça também:

marcação web de exames

COMPARTILHE

Veja também

Acompanhe as novidades sobre nossos produtos e novas parcerias

8 dicas para evitar glosas

Mostramos 8 maneiras eficientes de evitar ou corrigir um dos problemas mais difíceis de lidar nas instituições de saúde: as glosas.

Como o RIS na Radiologia traz vantagens para as instituições?

Como o RIS na Radiologia traz vantagens para instituições de saúde? Como era antes e como deve ser agora com adoção de RIS pelas instituições de saúde.

Não deixe dinheiro na mesa: controle efetivo do faturamento hospitalar

Saiba quais são os segredos para garantir uma gestão eficiente e um faturamento hospitalar saudável

Acompanhe a Pixeon. Leia mais artigos ›