COMPARTILHE

Sistema de gestão como um caminho para a acreditação hospitalar

Por Pixeon em 25 de junho de 2015

shutterstock_43374352Há anos, a área da saúde busca por qualificações e pela definição de padrões de qualidade. Ainda em 1952, foi criada – nos Estados Unidos – a hoje chamada The Joint Comission (TJC), que estabeleceu padrões e normas, aumentando o nível de exigência na qualidade de hospitais daquele país.

 

No Brasil, acreditação hospitalar é um tema popular desde a década de 1990, quando foi criada a Organização Nacional de Acreditação (ONA) que hoje, junto com a Joint Comission International (JCI), são as principais acreditadoras em hospitais do Brasil. A acreditação hospitalar é um processo que visa a padronização de processos, com o objetivo de otimizar a qualidade assistencial para o paciente e a eficiência da unidade de saúde como um todo.

 

Quando se fala de otimização de processos e eficiência, é automático pensar em sistemas de gestão de hospitais, que ajudam as unidades entender os gargalos, criar padrões e fazer a avaliação de tempos e movimentos. Desta forma, a instituição consegue ter dados reais sobre as áreas em que se perde ou ganha eficiência.

 

É importante entender que não existe um padrão geral para a acreditação hospitalar, pois este é definido de acordo com a especialidade da unidade e, assim, é preciso levar em consideração uma gama enorme de variáveis para padronizar cada área. Entretanto, utilizar um sistema de gestão que se adapte à realidade da sua instituição, pode ajudar a padronizar os processos internos, seja qual for sua especialidade

 

A acreditação hospitalar, além de otimizar todos os processos de uma unidade – desde a coleta de lixo até a parte de dispensação medicamentosa – impacta diretamente, tanto na eficiência e economia da unidade, como no atendimento do paciente.

 

Na busca por um sistema de gestão que auxilie na conquista da acreditação hospitalar, é importante procurar aqueles que tenham algumas certificações, como a proposta pela SBIS – Sociedade Brasileira de Informática em Saúde, tornando a unidade paperless (que utiliza prontuário eletrônico para armazenar dados e digitaliza a maioria dos processos) e de software. Para que a instituição de saúde consiga alcançar esses padrões de forma organizada e otimizando também os processos internos, um sistema de gestão hospitalar gera indicadores, relatórios e automatiza processos internos da unidade – requisitos necessários para alcançar os padrões estabelecidos.


Alcançar a acreditação hospitalar é muito mais simples a partir do momento que se implanta um sistema de gestão com certificações. Quer saber mais sobre esse processo? Entre em contato com a nossa equipe especializada!

Conheça também:

call35

 

COMPARTILHE

Veja também

Acompanhe as novidades sobre nossos produtos e novas parcerias

Pré-requisitos para escolher um bom parceiro de TI na saúde

Quais os pré-requisitos para escolher um parceiro de TI na saúde? Elencamos pontos importantes para a relação fornecedor-instituição.

8 principais acertos do CIO Hospitalar

David Oliveira – consultor e fundador da DECIDA e sócio-diretor da ItechMed – listou os principais acertos do CIO Hospitalar. Confira o infográfico.

Tecnologias de gestão em saúde eficazes para hospitais

As tecnologias de gestão em saúde são fundamentais para garantir a eficácia do hospital. Saiba quais os principais equipamentos e como utilizá-los.

Acompanhe a Pixeon. Leia mais artigos ›