COMPARTILHE

Sistema de gestão como um caminho para a acreditação hospitalar

Por Pixeon em 25 de junho de 2015

shutterstock_43374352Há anos, a área da saúde busca por qualificações e pela definição de padrões de qualidade. Ainda em 1952, foi criada – nos Estados Unidos – a hoje chamada The Joint Comission (TJC), que estabeleceu padrões e normas, aumentando o nível de exigência na qualidade de hospitais daquele país.

 

No Brasil, acreditação hospitalar é um tema popular desde a década de 1990, quando foi criada a Organização Nacional de Acreditação (ONA) que hoje, junto com a Joint Comission International (JCI), são as principais acreditadoras em hospitais do Brasil. A acreditação hospitalar é um processo que visa a padronização de processos, com o objetivo de otimizar a qualidade assistencial para o paciente e a eficiência da unidade de saúde como um todo.

 

Quando se fala de otimização de processos e eficiência, é automático pensar em sistemas de gestão de hospitais, que ajudam as unidades entender os gargalos, criar padrões e fazer a avaliação de tempos e movimentos. Desta forma, a instituição consegue ter dados reais sobre as áreas em que se perde ou ganha eficiência.

 

É importante entender que não existe um padrão geral para a acreditação hospitalar, pois este é definido de acordo com a especialidade da unidade e, assim, é preciso levar em consideração uma gama enorme de variáveis para padronizar cada área. Entretanto, utilizar um sistema de gestão que se adapte à realidade da sua instituição, pode ajudar a padronizar os processos internos, seja qual for sua especialidade

 

A acreditação hospitalar, além de otimizar todos os processos de uma unidade – desde a coleta de lixo até a parte de dispensação medicamentosa – impacta diretamente, tanto na eficiência e economia da unidade, como no atendimento do paciente.

 

Na busca por um sistema de gestão que auxilie na conquista da acreditação hospitalar, é importante procurar aqueles que tenham algumas certificações, como a proposta pela SBIS – Sociedade Brasileira de Informática em Saúde, tornando a unidade paperless (que utiliza prontuário eletrônico para armazenar dados e digitaliza a maioria dos processos) e de software. Para que a instituição de saúde consiga alcançar esses padrões de forma organizada e otimizando também os processos internos, um sistema de gestão hospitalar gera indicadores, relatórios e automatiza processos internos da unidade – requisitos necessários para alcançar os padrões estabelecidos.


Alcançar a acreditação hospitalar é muito mais simples a partir do momento que se implanta um sistema de gestão com certificações. Quer saber mais sobre esse processo? Entre em contato com a nossa equipe especializada!

Conheça também:

call35

 

COMPARTILHE

Veja também

Acompanhe as novidades sobre nossos produtos e novas parcerias

O que uma é uma solução completa em software para microbiologia

O software para microbiologia deve oferecer pelo menos quatro vantagens para o laboratório. Descubra quais são elas e como estão conectadas.

Gestão de clínicas médicas sustentável e contínua é possível?

É possível uma gestão de clínicas médicas sustentável e contínua? Sim, mas precisa que seus três pilares estejam alinhados: pessoas, processos e tecnologias.

Como um sistema para clínicas pode trazer mais resultado financeiro?

Como um sistema para clínicas pode trazer mais resultado financeiro? Há um fator que não pode ser esquecido nessa equação, encontrar o fornecedor que mais se adequa aos processos da instituição.

Acompanhe a Pixeon. Leia mais artigos ›