COMPARTILHE

10 dicas de atendimento para o seu laboratório

Por Pixeon em 17 de março de 2015

10-dicas-labO bom atendimento é um dos segredos para ter sucesso em um negócio que lida com o público. Nos setores de saúde, o atendimento é ainda mais importante, pois lida-se com pessoas muitas vezes fragilizadas. Assim, dar um bom treinamento aos funcionários e ter processos bem definidos e ágeis é um dos principais fatores que diferenciam positivamente seu laboratório da concorrência.

 

Para solucionar problemas e ter um lugar de destaque entre outros estabelecimentos, selecionamos 10 dicas de atendimento para o seu laboratório, que vão trazer benefícios e soluções para fazer seu negócio evoluir.

 

#1: Tenha uma boa recepção

Em grande parte dos casos, para ser atendido em um laboratório, o paciente não precisa marcar hora. Por isso, a recepção é uma área central para sua instituição, precisa ser espaçosa e ter cadeiras suficientes, para que ninguém precise esperar de pé. Além da atenção à infraestrutura, é importante treinar os colaboradores para que façam o atendimento adequado a cada tipo de paciente, lembrando-se sempre que idosos, gestantes e pessoas com necessidades especiais devem ser priorizadas no atendimento. E, é claro, orientar a equipe que cordialidade e educação nunca são demais.

 

#2: Invista em um bom sistema de gestão

Para lidar com muitas pessoas, muitos processos e muitos exames ao longo do dia, é preciso contar com muita organização. Neste ponto, optar por adotar um sistema de gestão que otimize os processos, desde a recepção até a saída do paciente, faz toda a diferença no atendimento do paciente. O sistema precisa facilitar, por exemplo, a geração de comprovante de coletas e a emissão de etiquetas de coleta, o que, no médio prazo, otimiza o serviço e evita muitos erros humanos.

 

#3: Prepare seu staff para situações de emergência

Fobia de agulhas pode ser normal na rotina do seu laboratório. Por isso, é importante que a equipe saiba como agir e lidar com o paciente em caso de desmaios, pânico ou casos mais graves.

 

#4: Organize o fluxo

Utilizando um sistema gestão, os processos passam a acontecer no ambiente digital, o que evita erros humanos e ajuda a organizar todo o fluxo de pacientes e trabalho no laboratório. Isso resulta em economia de tempo para o paciente, que é atendido de forma mais rápida e eficiente.

 

#5: Respeite a ordem de chegada ou senhas

A verdade é que ninguém gosta de esperar por muito tempo. Por isso, é muito importante prestar atenção à ordem de chegada ou às senhas retiradas no totem, pelo paciente. Utilizando um sistema de gestão, os colaboradores conseguem, facilmente, organizar a ordem da fila e a que setor cada paciente precisa ser encaminhado, para realizar o procedimento.

 

#6: Agilize os resultados sem perder qualidade

Quanto mais rápido você entregar o resultado do exame do seu paciente, melhor. Para que isso aconteça, é necessário otimizar o trabalho do biomédico. Os sistemas de LIS e interfaceamento, por exemplo, tem a inteligência de fazer uma pré-análise dos exames e entender quais estão dentro do padrão de normalidade e quais não estão e, assim, encaminhar com prioridade ao profissional para uma análise apenas os que estão fora dos padrões.

 

#7: Facilite a entrega de resultados

A tecnologia na saúde já é uma realidade no dia a dia de clínicas e laboratórios. Com pacientes a cada dia mais atribulados, obrigá-los a se deslocar para ir buscar um resultado de exame não é nada prático. Plataformas online permitem que o paciente tenha acesso ao resultado do exame de sua casa ou trabalho, fornecendo apenas um login e uma senha é uma excelente solução prática.

 

#8: Faça relatórios de apoio e gerenciamento do laboratório

Planilhas, relatórios, índices e dados são necessários para que o administrador entenda o andamento do seu negócios. É possível coletar e analisar dados do sistema e entender quais são os pontos positivos e negativos do seu estabelecimento, reforçando as boas caracterísicas e resolvendo problemas.

 

#9: Aprenda a lidar com o faturamento

Muitos laboratórios têm que lidar com alguns tipos de pedidos de exames, no geral particular ou conveniado. Ferramentas completas de gestão facilitam o processo de faturamento, pois são capazes, por exemplo de montar um relatório TISS padrão com as requisições de cada pedido de procedimento e envia para o convênio, o que evita glosas.

 

#10: Armazene exames e documentos

Ter históricos, tanto do paciente, como da sua instituição de saúde, é extremamente importante. Comparar exames do paciente pode ajudar a identificar ou descartar uma patologia e analisar documentos do seu laboratório ajuda a criar relatórios de evolução e identificar pontos positivos e negativos. Com um sistema de gestão é possível armazenar todas as informações importantes na nuvem e acessá-las sempre que for necessário.

 

Investir no treinamento da equipe e utilizar a tecnologia como uma aliada na evolução do seu laboratório proporcionam um atendimento diferenciado e positivo ao público. Invista nessas 10 dicas de atendimento para o seu laboratório, cresça com seu negócio e preste um serviço cada vez melhor para seu público.


Quer mais dicas de atendimento para o seu laboratório? Conte com expertise da nossa equipe, entre em contato!

COMPARTILHE

Veja também

Acompanhe as novidades sobre nossos produtos e novas parcerias

Pré-requisitos para escolher um bom parceiro de TI na saúde

Quais os pré-requisitos para escolher um parceiro de TI na saúde? Elencamos pontos importantes para a relação fornecedor-instituição.

8 principais acertos do CIO Hospitalar

David Oliveira – consultor e fundador da DECIDA e sócio-diretor da ItechMed – listou os principais acertos do CIO Hospitalar. Confira o infográfico.

Tecnologias de gestão em saúde eficazes para hospitais

As tecnologias de gestão em saúde são fundamentais para garantir a eficácia do hospital. Saiba quais os principais equipamentos e como utilizá-los.

Acompanhe a Pixeon. Leia mais artigos ›